RELAÇÕES ÉTICAS COM
COMUNIDADES E COLABORADORES

 

Os encontros e os desencontros de fios antropológicos que nos trouxeram até aqui, de nossas ancestralidades até o contemporâneo, inspiram toda a atividade humana na manipulação de materiais, de fibras, de torceduras, de nós, de texturas, e de forma tátil e orgânica, visual e oral; fazem e desfazem a arte têxtil primeiro como memória e suas relações afetivas e, depois, como intuição e fruição da arte experimentando novas e instigantes formas de existência.

Coerente com as narrativas da arte contemporânea, com a cultura brasileira e a cultura de outros países em manipular materiais, a FIBRA propõe, nesta segunda edição, um olhar crítico sobre o consumo como objeto não apenas da esfera da natureza, mas também como o seu desdobramento na esfera da arte têxtil. Nos descartes, nas sobras, nas ressignificações estão postas provocações capazes de despertar reflexões para um horizonte mais sensível e humano. Compreender esses encontros, esses vazios entre as linhas, os tecidos e as fibras é praticar a liberdade poética que a arte contemporânea celebra em suas linguagens. Ainda que o cenário econômico, político e social esteja turbulento, com suas crises e fraturas, a arte é esse meio de ligadura experimentada que amplia e conecta pessoas.

O próprio nome da bienal – FIBRA – é esse lugar de expressão dos artistas e do público que procuram resistir e ao mesmo tempo serem maleáveis como as fibras orgânicas, sintéticas, estéticas, éticas e morais; as fibras que têm a ver com dignidade do trabalho, do fazer artístico; da arte têxtil contemporânea e do relacionamento que estabelece como matéria prima, ao tecer diálogos entre suas linhas de pesquisa e as novas tecnologias, promovendo as hibridizações entre as ferramentas e técnicas das artes visuais.

Este evento de alcance internacional parte da estratégia de cooperação e de aproximação da indústria com a arte contemporânea, para criar e produzir obras de arte, seguindo a temática do consumo consciente. Nessa mesma orientação, a ação Tecendo Conversas promoverá a apresentação e discussão de projetos e obras de arte e seus desdobramentos. O mesmo engajamento pode ser encontrado nos workshops técnicos e criativos destinados a artistas e ao público,e em todos os locais expositivos.

A FIBRA convida a todos para que, incentivados pela arte, sintam-se estimulados a participar do esforço coletivo de respeito à vida e de convivência harmônica com o ambiente procurando sempre despertar a consciência para um mundo melhor.

APOIO CULTURAL

FECOMÉRCIO-RS/SESC

TVE E FM CULTURA

APOIO INSTITUCIONAL

GALERIA DO DMAE     

CHICO LISBOA

CASA DA MÚSICA DA OSPA

CASA DAS ARTES VILLA MIMOSA

     

APOIO EMPRESARIAL

PUBBLICATO // DESIGN, CONTEÚDO, COMUNICAÇÃO, CULTURA

EMPRESAS PARCEIRAS

CALÁFIA STORE

CASA HERMOSA NOVELARIA

CIDADE BAIXA CRIATIVA

JUSTA TRAMA

MAESTRA COMUNICAÇÃO E CULTURA

MAIS UMAS COISAS

REVISTA URDUME

REALIZAÇÃO 

PLANO B ESPAÇO CULTURAL

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

© FIBRA BIENAL, 2019